Uma carta ao paciente com câncer

Minha versão sincera, aberta a comentários e críticas do que diria a quem tem câncer. A escrevi e rescrevi, durante semanas, para tentar extrair tudo de mim, mas posso ter esquecido de algo. Se quiser adicionar algo, nos diga, para que possamos aprender com você também.

Hey,

Vou direto ao ponto, porque quem tem câncer não tem tempo para enrolação.

O câncer não escolhe ninguém, ele apenas acontece. Se possível, não cometa o mesmo erro que eu de achar que você é pior das criaturas, injustiçado por Deus ou o Universo e que se você tem câncer está sentenciado a morte nas próximas 24h. Sim, alguns de nós morrerão de complicações do câncer, outros vão passar pelo câncer e morrer atropelado na esquina de casa e outros ainda, vão ficar bem pelo resto da vida… qual será o nosso futuro? Não sei, e não acho que deveria pensar nisso agora… mas no fim quem sou eu para ditar as regras aqui.

Falando em regras… muitas delas param de existir quando estamos doentes. Aquele sorriso forçado, a mentirinha de que estamos bem com essa bomba na nossa vida e etc, se livra disso meu filho! Dica aprendida a duras penas: quanto mais sincero conseguir ser com você e com quem está próximo, melhor.

Se tem religião e se sente confortável em se apegar nela, ótimo! Se tem e não quer mais ter, bom também! Desenvolva sua fé em algo maior se seu coração te disser que deve.

Se respeite, acima tudo! Vá explorando seus limites aos poucos, sinta até onde dá conta sozinho e aonde precisa levantar a bandeira do HELP!

É NORMAL precisar de auxílio psicológico e psiquiátrico! Muitos de nós desenvolvem transtornos depois da loucura que é ficar doente. Sei que isso custa e muitos de nós não tem plano de saúde ou condições para, mas se achar conveniente, busque ou peça para alguém te ajudar a encontrar esses serviços pelo SUS. Não é pouca coisa ter câncer, então ter alguém imparcial para dividir tudo ajuda mesmo a aliviar a ansiedade e a tristeza, digo por experiência própria.

Faça suas vontades, grandes ou pequenas, na medida de suas possibilidades e do que os médicos lhe permitirem. Eu, por exemplo, sempre tive vontade de usar batom vermelho, mas nunca achei que podia. Quando fiquei careca, comprei uns 3 tons e realizei essa vontade antiga. Falando em careca.. assumi-lá foi muito benéfico para mim, talvez possa ser para você, quem te ama DE VERDADE, vai te amar careca, sem sobrancelha e com carinha de minhoca. Se se olhar no espelho ficar difícil, só olhe quando achar conveniente, não se obrigue também a gostar da sua aparência nesse momento.

Preserve-se e somente fique ao lado de quem te faz bem. Dê um goodbye para amigos falsos, parentes intrometidos e derivados. Você já tem que aguentar o câncer, vamos combinar que aguentar gente que não te acrescenta não rola. Eu tive minha familia aliada nisso aí. Pedi que explicassem aos curiosos que estava indisposta para qualquer contato…eu podia estar até me sentindo bem, mas se o cabra viesse me ver, ia me deixar super para baixo.

Se possível, não se cobre uma postura de super herói que “luta bravamente contra o câncer”, isso é muito desgastante! Economize sua energia física e emocional para o que te faz bem.

Muito provavelmente chegará em uma fase que vai questionar o sentido da vida no fim das contas… você não está sozinho colega. Muitos de nós passamos por montanhas russas emocionais e nos faremos esse e outros questionamentos filosóficos muitas vezes.

Outro momento que também pode chegar é o de força extrema e eu espero que esses momentos cheguem muitas vezes para você. Nessa horas você se surpreenderá com seus pensamentos e atitudes. Vai conseguir deslubrar a luz no fim do túnel e uma esperança, mesmo que pequena de ser feliz de novo. E quando digo ser feliz não quero dizer ser um bobo alegre rindo de tudo e achando tudo lindo, falo daquela felicidade de acordar e se orgulhar de si mesmo por conseguir dizer “HOJE E SÓ POR HOJE EU NÃO VOU DESISTIR”.

Eu optei por passar pelo câncer da melhor forma que eu conseguisse, dentro dos meus limites e do que achava que ia ser melhor  para mim… isso demorou um bom tempinho. Faça sua opção de enfrentamento, seja ela qual for. Mas, se me permite dar uns pitacos, lembre-se de  4 coisas:

1) Você não está sozinho;

2) Você é amado;

3) A dor não é eterna;

4) Tudo passa, mais cedo ou mais tarde.

O câncer deixa marcas eternas em nós, físicas e psicológicas. Ele me deixou estéril, com muitas cicatrizes, com menopausa, depressão, ansiedade, uma montanha russa emocional e um medinho de lugares fechados… não tenho vergonha disso e espero que também não tenha vergonha de como ele te deixou.

Ser paciente oncológico agora faz parte da sua história, com ênfase no SUA! Jamais tirarei o mérito dos que nos ajudam na doença, mas cabe a você decidir t-u-d-o, desde aonde prefere a injeção até se vai sair da cama naquele dia. Eu e nem ninguém pode te privar da benção que é o livre arbítrio, eu e nem ninguém pode te ajudar sem que você queira ser ajudado… por fim querido, eu e nem ninguém podemos ou temos o direito de te dizer como vai enfrentar o câncer. Não posso  subestimar a sua dor e nem pedir que “seja forte”, porque é uma falta de caridade e amor tremenda pedir qualquer coisa a quem  está passando por um momento delicado. 

Saiba que também questionei, e muitas vezes, o que antes era inquestionável para mim e te digo, foi  o melhor que fiz. Revi conceitos, sentimentos e relacionamentos. 

Não ache que a sua dor é a maior de todas, mas não ache que é a menor.

Espero sinceramente que não, mas seu ouvido vai virar pinico. Vai escutar muita bobagem, comentários infelizes e atitudes de muita falta de consideração. Quer um conselho? Se for preciso, mande muita gente carpir data, plantar sorgo, procurar o caminhão que caiu e etc, afinal ela voltará linda e saudável para sua casa, enquanto você tem uma doença muito séria.

—-

Me sinto na obrigação de contar as coisas difíceis que aprendi antes das boas, simplesmente porque ficar doente é uma bosta e se for pessimista como eu aqui, vai sempre ver o ruim primeiro que o bom, até sem querer.

1)Aprendi que nem todos são capazes de estar ao nosso lado quando estamos doentes, seja por medo, vergonha ou falta de maturidade emocional.

2)Nem todos vão conseguir sair contigo e sua careca reluzente, mesmo que você a aceite por completo.

3)Nem todo mundo vai lembrar ou sequer levar em consideração o quanto você está sofrendo e vai pisar no seu coração como se não houvesse amanhã para digamos “se livrar” de você.

4)Nem todos vão sofrer porque você tem câncer, vão até te dizer que “não ficariam tristes se você morresse”.

5)Muitos te dirão palavras vazias só para colocar a cabeça no travesseiro a noite e achar que fizeram algo de bom.

6)Outros só vão te procurar e lembrar que existe quando estiver morrendo, com infecção ou algo do tipo.

7)Algumas pessoas vão deixar e achar normal que seus filhos riam de você careca.

8)Muitos vão te perguntar, mesmo sem te conhecer, “que doença tem hein?”… Outros tantos vão te dizer: “câncer mata, não mata?!”

9)As pessoas geralmente tem mais pena do que compaixão por quem tem câncer;

10)Injeção na barriga dói mais que no braço;

11)Muitos NUNCA entenderão você nem nessa fase nem em outra.

Se eu mesma quando tivesse sido diagnosticada lesse tudo isso aí ia achar quem escreveu isso estaria dramatizando muito, mas hoje “fiote”, depois de MUITO tapa na cara da vida, vi que ela é uma novela mesmo.

Agora, como tudo tem dois lados, vou dizer o que aprendi de positivo.

1)Ser amada é a melhor coisa da vida;

2)Enfermeiros são heróis;

3)A amizade verdadeira levanta até defunto;

4)Ficar na UTI, muitas vezes, é o melhor para sua saúde;

5)Ser careca te faz mais rápido para ficar pronto para sair de casa;

6)Sem cabelo, é possível tomar banho em 3 minutos;

7)Animais de estimação sabem consolar;

8)Aqueles que se menos espera, são os que mais ajudam;

9)É realmente possível viver sem comida por 7 dias;

10)Idade e maturidade são coisas diferentes;

11)Rir é o melhor remédio;

12)Fazer piada da desgraça ajuda a processá-la;

13)Sua família estará contigo até quando ninguém mais estiver;

14)Filmes e desenhos animados são um bom passa tempo para esquecer das dificuldades;

15)Morrer não é tão assustador quanto parece;

16)Se cobrar menos te deixa mais feliz;

17)Estabelecer limites para as pessoas a sua volta é importante;

18)A saúde é o mais importante de tudo;

19)A cada dia basta o seu mal;

20)Comer é um prazer divino;

21)Algumas pessoas estranhas serão mais gentis do que as que você conhece faz tempo.

22)É possível se tornar uma pessoa melhor depois do câncer;

23)Tudo está aonde deveria estar, mesmo que não consiga ver isso agora;

24)o câncer te traz novas amizades muito especiais;

25)você vai amadurecer uns 10 anos em poucos meses;

26)Uma hora, as agulhas param de doer ao furarem a pele;

27)Câncer não é a doença mais triste que existe;

28)Suas conquistas serão inúmeras;

29)Todo mundo vai saber seu nome;

30)Vai se tornar cliente vip dos lugares que frequenta;

31)Vai receber pequenos agrados e sorrisos;

32)Vai poder dizer muitas vezes: “por experiência própria, acho que…”

33)Vai economizar horrores com salão, depilação e manicure;

34)Vai ser mimada e constantemente agradada;

35)Vai ser capaz de amar mais intensamente;

36)Vai olhar a natureza, o céu e os pássaros como nunca viu antes;

37)Se tornará mais sensível para perceber as necessidades verdadeiras do mundo;

38)O amor conserta tudo;

Na alegria de um bom resultado ou na tristeza de uma recidiva, nós estaremos todos juntos, mesmo longe e sem se conhecer, unidos com um só objetivo: a saúde.

Anúncios

4 comentários sobre “Uma carta ao paciente com câncer

  1. Oi Amanda, me chamo Michele e tenho 30 anos, conheci seu blog agora pois agora começo essa batalha contra o câncer. Descobri um tumor no intestino 1 mês após uma cesariana da qual nasceu meu segundo filho um menino lindo e cheio de saúde, imagine era pra eu está super feliz , tenho uma filha de três anos também e um esposo maravilhoso que está me apoiando muito, meu mundo desmoronou, só pensava que ia morrer e deixar meus filhos , que não iria ao niver de 15 anos da minha filha, que não estaria com ela nas descobertas da vida e que meu bebê nem se lembraria de mim. Agora estou mais calma ainda não comecei a quimioterapia, estou com muito medo do que me espera e a idéia de fracassar e deixar meus filhos me amedronta todos os minutos. Mais vou ter força e encarar da melhor forma que conseguir. Ler seus textos está me ajudando muito. Obrigada e foi um prazer conhecer seu blog.

    Curtir

    • Olá! Sinto muito pelo diagnóstico, mas feliz por poder ajudar. Saiba que o tratamento édifícil, mas os avanços da medicina estão cada dia maiores e a equipe de saúde cuida muito bem da gente. Com o apoio dos filhos, marido, familiares e amigos vai conseguir chegar a qualquer lugar. Não deixe o discurso mentiroso de que “câncer é sentença de morte” dominar seu pensamento. Desejo-lhe melhoras e muita sorte no seu tratamento. Abraços!

      Curtir

  2. linda e real história tudo claro e bem objetiva tenho familiares com esta doença ,ao ler esta carta me senti diferente melhor pra mim mesmo espero que muitos sintam este sentimento tão agradável ,infeliz daquele que não se achar capaz de vencer quando se quer se pode mesmo que custe um dia acontecerá parabéns e obg … te amo sem te conhecer ganhaste uma irma do coracao prazer Ana Meire de Fortaleza

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s